Fórumcast, o podcast da Fórum
15 de julho de 2019, 14h25

Lava Jato usou informações obtidas em grampo ilegal, diz doleiro Alberto Youssef

O doleiro Alberto Yousseff confirmou que investigadores usaram contra ele informações grampeadas, mas que não se manifestou sobre porque tinha interesse em fechar acordo de delação

Foto: EBC

Em depoimento prestado à corregedoria da Polícia Federal, o doleiro Alberto Youssef confirmou que integrantes da Lava Jato usaram informações conseguidas por meio de grampo ilegal em cela durante depoimento.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Se recorda se os assuntos que o declarante e outros presos da operação Lava-Jato conversavam na cela era questionado posteriormente pelos delegados Marcio Anselmo, Erika Marena ou outro delegado que os interrogava?”, questionaram os investigadores que foram prontamente respondidos por Youssef: “com certeza”.

Segundo a Veja, Youssef afirmou que teve o direito constitucional de defesa violado pelos investigadores, mas que o ponto não foi questionado posteriormente porque tinha interesse em fechar acordo de delação premiada feito entre as partes.

O grampo foi realizado enquanto Youssef estava sob tutela de Sérgio Moro.

Veja também:  Para Glenn, proteção a Guedes expõe caráter partidário e corrupto da Lava Jato

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum