Fórumcast #19
28 de junho de 2019, 12h33

Leandro Demori, editor do Intercept: “Há indícios muito fortes de pessoas presas injustamente”

Jornalista disse ainda que quando "ilegalidades estão sendo cometidas neste momento, você não senta em cima do material por um ano enquanto alguém está comendo quentinha na cadeia". Glenn Greenwald sinalizou que novas reportagens devem ser divulgadas nesta sexta-feira

Foto: Reprodução/Twitter

O editor do site The Intercept, Leandro Demori, afirmou nesta sexta-feira (28) no 14° Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), em São Paulo, que o material referente à Vaza Jato tem “indícios muito fortes de que pessoas estão presas injustamente” e que “ilegalidades estão sendo cometidas neste momento”.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Quando você olha o material e imagina que existam ali indícios muito fortes – e não estou falando no aspecto jurídico legal, porque não sou juiz e nem acusador -, indícios jornalísticos que pessoas estão presas injustamente e que ilegalidades estão sendo cometidas neste momento, você não senta em cima do material por um ano enquanto alguém está comendo quentinha na cadeia”, afirmou o jornalista.

Mais cedo, o fundador do site, Gleen Greenwald, sinalizou que novas reportagens sobre a Vaza Jato devem ser publicadas ainda nesta sexta-feira (28) e ironizou notas de jornais e sites conservadores dizendo que o arsenal contra Sérgio Moro e procuradores da Lava Jato havia se esgotado.

Veja também:  Avó de Michelle Bolsonaro é operada e fica na UTI até esta segunda-feira

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum