Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de janeiro de 2020, 10h29

Leonardo Attuch: A origem do mal foi Reinaldo Azevedo ter criado a palavra “petralha”

"Bolsonaro é a consequência direta do ódio instalado no Brasil pela direita “limpinha e cheirosa”, que hoje renega seu fruto podre", diz o jornalista do Brasil 247

Reinaldo Azevedo, Bolsonaro e os filhos, Eduardo, Flávio e Carlos (Montagem)

Em uma sequência de tuítes publicada neste sábado (18), o jornalista Leonardo Attuch, do Brasil 247, lança uma tese em que acredita que – embora pareça estranho – “a origem do mal foi Reinaldo Azevedo ter criado a palavra ‘petralha’.

“Ao fazer isso, ele nomeou o inimigo, o novo judeu. O nazismo brasileiro, que degenerou em Roberto Alvim, nasceu ali”, escreve o jornalista.

Segundo ele, a palavra foi criada por Azevedo quando José Serra (PSDB) se preparava para disputar a segunda eleição presidencial, em 2010, quando os tucanos se armaram de um discurso de ódio para tentar derrotar o PT, na transição entre os governos Lula e Dilma Rousseff.

“Como se sabe, Serra perdeu para Dilma em 2010, assim como Aécio em 2014, mas o ambiente político brasileiro já vinha sendo intoxicado. E, evidentemente, o discurso moralista da direita era absolutamente hipócrita, como demonstraram as contas na Suíça do PSDB e o caso JBS”, tuitou.

Para Attuch, o “falso moralismo” foi, então, levado às ruas, nas manifestações que se iniciaram em julho de 2013 e refletiram nos atos contra Dilma Rousseff.

“Esse falso moralismo, amplificado pela mídia, levou patos amarelos às ruas, provocou a maior recessão da história do Brasil e colocou neonazistas no poder (Alvim não é o único) a serviço de interesses internacionais”.

O jornalista finaliza com a pergunta que permeia o campo progressista, em como desfazer todo o processo que levou à extrema-direita ao poder no país.

“A questão agora é como desfazer o estrago, mas o registro histórico precisa ser feito. Bolsonaro é a consequência direta do ódio instalado no Brasil pela direita “limpinha e cheirosa”, que hoje renega seu fruto podre”.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum