sábado, 24 out 2020
Publicidade

Loja da Kopenhagen que tem Flávio Bolsonaro como sócio é alvo da ação do MP-RJ

A ação de busca e apreensão desencadeada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro nesta quarta-feira (18) teve como um dos alvos uma loja da franquia da marca de chocolates finos Kopenhagen que tem o senador Flávio Bolsonaro (ex-PSL-RJ) como um dos sócios.

Leia também
Saiba quem são os parentes de Bolsonaro investigados por corrupção no gabinete de Flávio
Caso Queiroz: Juiz quebra sigilo telefônico, SMS e WhatsApp de pessoas ligadas à família Bolsonaro

A loja, localizada no Via Parque Shopping, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, é cenário de fotos de Flávio com o ex-assessor, Fabrício Queiroz, que comandaria ao lado do filho de Jair Bolsonaro o esquema de corrupção no gabinete da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Ao todo, 96 pessoas e empresas foram alvo da ação, que foi permitida por decisão do juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 27ª Vara Criminal do Rio.

O MP confirmou, em nota, que foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão até o momento, relacionados à investigação que apura o esquema de “rachadinha” envolvendo Flávio e Queiroz.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.