Fórumcast, o podcast da Fórum
23 de agosto de 2018, 11h47

Luis Fernando Veríssimo diz que as críticas à ONU estão pegando mal ‘lá fora’

“Na crítica da ONU não está embutida uma crítica ao sistema judicial brasileiro e seu açodamento em condenar Lula e afastá-lo das eleições?”, pergunta o escritor

Luis Fernando Veríssimo. Foto: Divulgação

O escritor Luis Fernando Veríssimo comenta, em sua coluna do Globo, publicada nesta quinta-feira (23), as críticas que o relatório do Comitê pelos Direitos Humanos da ONU exigindo que a candidatura à presidência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja referendada estão recebendo no Brasil. Para ele, a reação ao relatório estão pegando muito mal ‘Lá fora’, expressão que usa como título do artigo.

De acordo com o escritor, o que pensam do país no exterior nunca foi uma preocupação, por exemplo, da ditadura militar. “O que saía na imprensa mundial sobre os desmandos da ditadura brasileira não chegava à imprensa brasileira, censurada durante 20 anos. Aos militares só interessava o que os americanos pensavam da gente, já que os Estados Unidos tinham sido cúmplices do golpe de 64”, lembra Veríssimo.

Ao final, ele lembra que “há muitas questões na fila para serem discutidas nesse caso. Um julgamento da ONU se sobrepõe a qualquer legislação brasileira? Na crítica da ONU não está embutida uma crítica ao sistema judicial brasileiro e seu açodamento em condenar Lula e afastá-lo das eleições? Ou a visão lá fora é uma visão mal informada? De qualquer maneira, lá fora tá pegando mal”, encerra.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum