Lula articula encontro para reaproximação com evangélicos

Coordenador do núcleo evangélico do PT, o pastor Luis Sabanay afirma que Lula pediu encontro para retomar o diálogo com a "maioria da massa evangélica" do país

O Núcleo de Evangélicos e Evangélicas do PT, seguindo recomendações de Lula, está articulando um encontro do ex-presidente com lideranças cristãs pentecostais e neopentecostais que, em grande parte, foram cooptadas por pastores midiáticos – como Edir Macedo, Silas Malafaia e Valdemiro Santiago – para formar um dos núcleos duros de apoio a Jair Bolsonaro (Sem Partido).

Coordenador do núcleo evangélico do PT, o pastor Luis Sabanay afirma que o discurso do ex-presidente foi um sinalização clara para os crentes evangélicos brasileiros, que estão sendo contatados para um encontro com o ex-presidente.

“Nós estamos organizando os evangélicos petistas em núcleos. E, desde que saiu da prisão o presidente Lula indicou a necessidade de fazermos um encontro. Com certeza, devemos promover isso”, afirmou Sabanay a Fórum, ressaltando que ainda não foi definida uma data para o encontro.

Para ele há abertura para a reaproximação de Lula dos evangélicos, principalmente pelo discurso do ex-presidente, que fala da construção de um reino de paz, de alegria, “com lazer, picanhas, cervejas e a juventude podendo passear livremente”.

“Se o Presidente Lula fosse o candidato contra Bolsonaro, segundo as pesquisas, ele tinha a preferencia de votos entre os evangélicos. Com a sua volta a cena politica, óbvio, não é automático mas Lula fala a base social onde se encontra a maioria da massa evangélica no país, as periferias. Neste diálogo, que nós estamos concentrando esforços, atualmente”, afirmou Sabanay.

Além de evangélicos, Lula articula encontro com católicos e cristãos em geral com o discurso de se “cuidar dos pobres”, uma das principais bandeiras do cristianismo.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR