O que o brasileiro pensa?
09 de junho de 2020, 19h25

Lula diz que não dá para ser contra Bolsonaro e não apoiar o impeachment

Declaração do ex-presidente vem após falas de Camilo Santana (PT) e FHC (PSDB) se posicionando contra um impedimento de Bolsonaro

Foto: Reprodução

Através de seu Twitter, o ex-presidente Lula reforçou, nesta terça-feira (9), seu apoio ao impeachment do presidente Jair Bolsonaro. A Câmara dos Deputados já conta com mais de 30 pedidos do tipo protocolados.

“Não é possível que alguém se diga ‘contra o Bolsonaro’ e seja contra o impeachment. Eu sou contra o Bolsonaro e não é de agora. Todo mundo sabia quem ele era”, escreveu Lula em uma postagem que fixou no topo de seu perfil.

A declaração de Lula parece ter sido um recado a Camilo Santana (PT), governador do Ceará, e ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Em entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura, na noite de segunda-feira (8), Santana se colocou contra um impeachment de Bolsonaro. “Impeachment é o extremo e precisa ter motivos legais, como diz a Constituição. Daqui a dois anos e meio nós temos uma eleição. É muito ruim um impeachment para o Brasil”, afirmou o governador cearense.

Já FHC, em entrevista ao UOL também na segunda-feira, disse que não defende o impeachment de Bolsonaro “por razões históricas”, mas que o presidente “está cavando seu próprio fosso”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum