Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de setembro de 2019, 15h47

Autor de “Lula Livre” na Praia de Copacabana resiste a ameaças da Prefeitura

Morador de praia, Robison conta que resiste contra as ameaças da polícia, da milícia e da prefeitura

Ligia Deslandes/Facebook

Depois da foto de um “Lula Livre” esculpido nas areias da famosa Praia de Copacabana, um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro, viralizar nas redes sociais, o autor da escultura apareceu. Robison contou que tem sofrido pressão da prefeitura para remover a frase, além de ameaças da polícia e da milícia.

O artista, que se classifica como morador de praia, conversou com a blogueira Ligia Deslandes. “Hoje de manhã, na praia de Copacabana. Robison, o artista, morador de praia (é como ele se refere à sua condição de viver na rua), resiste contra as ameaças da polícia, da milícia e da prefeitura (que quer que ele retire a sua escultura)”, contou blogueira em seu Facebook.

A professora ainda conta que Robison estava lendo o livro “Estorvo”, o primeiro romance escrito por Chico Buarque. “Há resistência em todos os lugares”, finalizou Deslandes.

A frase foi flagrada na manhã de quinta-feira (19) e está posicionada próxima à calçada da orla em frente ao Hotel Marriot, entre os postos 3 e 4 da praia, com ampla visibilidade aos moradores e turistas que por ali passarem.

Não é a primeira vez que o “Lula Livre” marca presença nas areias de Copacabana. Em abril deste ano, uma faixa de 80 metros de largura foi estendida sob a areia, em frente ao icônico hotel Copacabana Palace. A iniciativa foi do Coletivo Alvorada.

Hoje de manhã, na praia de Copacabana. Robison, o artista, morador de praia (é como ele se refere à sua condição de…

Publicado por Ligia Arneiro Teixeira Deslandes em Quinta-feira, 19 de setembro de 2019

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum