Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
01 de agosto de 2019, 20h36

Em visita a Lula, Gleisi divulga agenda de mobilizações para agosto

Ex-presidente afirmou que o “PT tem uma grande responsabilidade com o Brasil” em relação à resistência aos retrocessos impostos por Jair Bolsonaro

Foto: Eduardo Matysiak

Lula mandou um recado pela presidenta da PT, Gleisi Hoffmann: “O PT tem uma grande responsabilidade com o Brasil”, disse ele. A deputada federal visitou o ex-presidente, nesta quinta-feira (1), em Curitiba, ao lado de Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, e Emidio de Souza, deputado e um dos advogados do ex-presidente.

Após o encontro, Gleisi ressaltou a importância da resistência aos retrocessos impostos por Jair Bolsonaro. Por isso, a conversa com Lula foi praticamente toda voltada a apresentar o calendário de lutas para o mês de agosto.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

“Conversamos muito sobre o processo de renovação do PT, sobre o 7º Congresso Nacional e sobre a importância do fortalecimento do partido nesta caminhada para que a gente possa ajudar o povo neste desafio que temos diante desse governo. Faremos isso em conjunto com as forças de esquerda”, disse a deputada.

Em relação às mobilizações, Gleisi ressalta que todas “têm a ver com pautas da sociedade e o partido, porque não tem como lutar por um Brasil melhor enquanto tivermos essa injustiça contra o ex-presidente Lula”.

Veja a lista dos eventos já confirmados:

Dia 5: Serão dois grandes atos marcados. O primeiro acontece em Brasília, reunindo profissionais da categoria apoiados pelo PT e demais forças progressistas em defesa da saúde e do SUS.

Em São Paulo, o PT se alia ao ato convocado pela Frente Povo Sem Medo e convoca todos a resistir ao avanço do autoritarismo. A manifestação “Ditadura nunca mais” terá início às 18 horas, em frente ao Masp, na avenida Paulista.

Dia 7: Na quarta-feira, com a presença de lideranças, como ex-ministro Fernando Haddad, representantes das bancadas do partido na Câmara e no Senado, com o apoio da Fundação Perseu Abramo (FPA), o PT apresentará ao público o Plano Emergencial de Emprego e Renda.

Dia 13: Será uma data significativa, pois acontece o Dia Nacional em Defesa da Educação e também contra a reforma da Previdência. Assim como ocorreu em 15 e 30 de maio, a mobilização deve se espalhar pelo Brasil e é organizada por movimentos estudantis, sindicatos e representantes de praticamente todos os setores da sociedade, incluindo partidos progressistas.

Dias 13 e 14: Brasília recebe nesses dias a Marcha das Margaridas, ação de mulheres da América Latina, que levará à capital federal as propostas de quem produz comida sem veneno para a população.

Dia 19: A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) vai reforçar a mobilização, com o lançamento da campanha #MoroMente. A iniciativa, apresentada nesta quinta (1º) e cujo ato de lançamento ocorre no próximo dia 19, pretende explicar para a população as razões que comprovam a atuação política e arbitrária do ex-juiz em conluio com agentes da operação.

Dias 29 e 1º de setembro: Durante os quatro dias, Curitiba recebe a 18ª edição da Jornada da Agroecologia. Da mesma forma que ocorreu em 2018, terá na pauta o tema Lula Livre.

Até o final de agosto: O PT realizará ato de lançamento da Frente Nacional e Popular pela Soberania do Brasil.

Com informações da Agência PT de Notícias

Assistam ao vídeo:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum