Fórum Educação
23 de agosto de 2019, 19h34

Gilmar Mendes reconhece injustiça em julgamento de Lula e diz que pode haver anulação

"A gente tem que reconhecer que devemos ao Lula um julgamento justo", disparou o ministro do STF

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, concedeu uma entrevista nesta sexta-feira (23) em que reconheceu que o julgamento do ex-presidente Lula foi injusto e que o Judiciário deve a ele um novo processo. Gilmar fez a declaração ao comentar sobre o processo de suspeição levantado pela defesa de Lula contra o ex-juiz federal Sérgio Moro, exposto no escândalo da Vaza Jato.

“É importante fazer essa análise com todo o desprendimento. A mídia se tornou num determinado momento muito opressiva. O bom resultado não é só aquele que condena. Isso não é correto. A gente tem que reconhecer que devemos ao Lula um julgamento justo”, avaliou o ministro em entrevista à agência Reuters.

Gilmar ainda considerou que a anulação da condenação é possível. “Anular a condenação [de Lula] se eventualmente ocorrer por questão de suspeição, isso leva a um novo processo. Eventualmente isso pode ocorrer”, declarou.

O STF deve julgar em breve um recurso de Lula que pede a suspeição de Moro no processo do triplex e, consequentemente, a nulidade do processo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum