#Fórumcast, o podcast da Fórum
21 de outubro de 2019, 11h12

Hashtag #NoTempoDoLula viraliza e internautas relembram o Brasil que dava certo

"#NoTempoDoLula o mundo olhava o Brasil com respeito e interesse pela revolução social que o governo de Lula promoveu", escreveu o deputado Paulo Pimenta

Foto: Ricardo Stuckert

Por conta da grave crise política que atravessa o país, somada à guerra interna que divide o partido de Jair Bolsonaro (PSL), internautas dedicaram esta manhã de segunda-feira (21) para relembrar dos tempos em que Lula era presidente. A hashtag #NoTempoDoLula viralizou no Twitter e subiu para os trending topics da rede social.

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), líder da bancada do PT na Câmara, escreveu que no tempo do ex-presidente “o mundo olhava o Brasil com respeito e interesse pela revolução social que o governo de Lula promoveu”. Já o deputado Waldenor Pereira (PT-BA) comentou que na época “havia preocupação com a inclusão social e investimento em políticas públicas de combate à fome e à miséria”.

A escritora Denise Tremura, colunista do UOL, fez uma lista com diversos fatos que marcaram os governos Lula. “O Brasil era a quinta economia do mundo, dólar e gasolina abaixo de 2,80, todo mundo tinha emprego, tinha gente que tinha dois empregos”, escreveu. “Tirou o Brasil do mapa da fome, teve inclusão social e colocou o pobre dentro da universidade. Éramos respeitados e admirados”, concluiu.

O deputado estadual Rogério Correia (PT-MG) também participou da hashtag e lembrou das privatizações do atual presidente Jair Bolsonaro (PSL), algo que não ocorreria no tempo do Lula. “Lula não venderia a Petrobras, nem a Embraer, nem destruiria a Amazônia, nem entregaria Alcântara, nem destruiria a CLT nem a aposentadoria do povo. Por isso que tá preso”, refletiu.

Confira mais algumas menções sobre o tempo do Lula:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum