Fórumcast, o podcast da Fórum
25 de agosto de 2019, 10h23

Líder da esquerda na França visita Lula na prisão no próximo dia 5

Candidato à presidente da França duas vezes, ele disse que seu partido é parte da mobilização internacional pela libertação do ex-presidente brasileiro. “É para mim um dever político e pessoal de ir e dizer-lhe sobre o nosso apoio"

Jean-Luc Mélenchon, líder da esquerda na França (Foto: Stéphane Burlot)

O líder do partido França Insubmissa, Jean-Luc Mélenchon, vai visitar o ex-presidente Lula no próximo dia 5. As informações foram divulgadas pelo próprio político francês em sua página no Facebook. “5 de setembro tenho encontro com Lula em sua prisão no Brasil em Curitiba. Recebi a confirmação de que esta visita foi aceita. Lula é hoje o caso mais famoso no mundo de lawfare, este método de instrumentalização da justiça para eliminar um adversário político”.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Em seu comunicado, Mélenchon diz saber da importância do contato humano mantido com Lula, um preso político “recentemente sujeito à ameaça de ser levado para uma nova prisão onde a sua vida estaria em perigo”.

“Desde o encarceramento de Lula, o juiz “independente” que o condenou, Sr. Moro, foi nomeado ministro da justiça do presidente de extrema direita Jair Bolsonaro. Uma mídia inquisidora forneceu as provas a juízes que agiram em conluio para condenar Lula sem provas”, diz o Mélenchon, que cita as reportagens da Vaza Jato divulgadas pelo site The Intercept.

Candidato à presidente da França duas vezes, ele disse que seu partido é parte da mobilização internacional pela libertação do ex-presidente brasileiro. “Conheço Lula desde os anos em que ele realizou suas primeiras campanhas para a presidência do Brasil. É para mim um dever político e pessoal de ir e dizer-lhe sobre o nosso apoio”.

Leia a íntegra do comunicado em francês


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum