#Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de outubro de 2019, 18h29

Lula reafirma que não aceitará semiaberto e quer liberdade plena, revela Zanin

"O ex-presidente manteve a posição de não aceitar o pedido do MPF de progressão de pena, porque ele vai buscar a sua liberdade plena", disse o advogado Cristiano Zanin

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta sexta-feira (18), a defesa de Lula voltou a afirmar que o ex-presidente não aceitará progressão de pena para o regime semiaberto. Os advogados tinham até esta data para comunicar oficialmente a juíza Carolina Lebbos sobre sua posição.

“O ex-presidente reafirmou que não aceita o pedido do MPF de progressão de pena, porque ele vai buscar a sua liberdade plena, a sua inocência, e o reconhecimento de que não praticou qualquer crime. Esse é o posicionamento que vamos levar hoje à Justiça por meio de uma manifestação”, declarou Zanin.

O defensor afirmou que a posição de Lula se embasa no fato de não reconhecer que ele teve um julgamento justo. “Em razão do conluio que houve entre juiz e acusação e, por consequência, pelo fato de que ele não teve direito a um julgamento justo. Com base nessa posição hoje reafirmada, nós encaminharemos à Justiça uma petição para que seja indeferido o pedido do Ministério Público”, disse.

Absolvição

Zanin ainda comentou o pedido do Ministério Público Federal de Brasília pela absolvição de Lula, Dilma, Guido Mantega, João Vaccari e Antônio Palocci no chamado “Quadrilhão do PT”. “É o exemplo claro do “lawfare” que nós temos desde 2016. […] Nós sempre dissemos: os processos estão sendo utilizados para fins de perseguição política”.

Veja aqui a petição apresentada pela defesa do ex-presidente Lula.

Assista ao vídeo com a entrevista de Cristiano Zanin:

 

Advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins concede entrevista coletiva na saída da Polícia Federal em Curitiba

Publicado por Lula em Sexta-feira, 18 de outubro de 2019


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum