Entrevista exclusiva com Lula
08 de outubro de 2019, 12h48

Lula recebe prêmio de direitos humanos da principal central sindical dos EUA

Richard Trumka, presidente da AFL-CIO, com mais de 10 milhões de trabalhadores filiados, visitará Lula na quinta (10) para entregar o Prêmio George Meany-Lane Kirkland

Foto: Francisco Proner/Farpa Fotocoletivo

Antes do anúncio sobre o vencedor do Prêmio Nobel da Paz, que será nesta sexta-feira (11), no qual é um dos cotados, Lula receberá mais uma premiação internacional, nesta quinta-feira (10). Richard Trumka, presidente da principal central sindical norte-americana (AFL-CIO), vai a Curitiba para entregar ao ex-presidente o Prêmio George Meany-Lane Kirkland de Direitos Humanos 2019.

Na visita a Lula, Trumka estará acompanhado de Pepe Alvarez, secretário-geral da maior central espanhola, a UGT.

“As elites privilegiadas minaram as frágeis instituições democráticas do pais, especialmente o Judiciário, e tomaram medidas extraordinárias e ilegais para impedir Lula de disputar a presidência em 2018, quando todas as pesquisas previam sua vitória. Desde 7 de abril de 2018 Lula é um prisioneiro político, condenados por ‘atos oficiais indeterminados’”, diz comunicado da AFL-CIO.

A central norte-americana tem mais de 10 milhões de trabalhadores filiados e congrega 54 federações sindicais.

Dilma

Na última semana, a ex-presidenta Dilma Rousseff foi uma das convidadas internacionais da UGT para a festa de seus 130 anos. A central sindical acatou o pedido de apoio que ela fez a partidos e sindicatos espanhóis à campanha pela libertação de Lula. A visita de Pepe Alvarez faz parte desta ação.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum