Fórumcast, o podcast da Fórum
08 de agosto de 2019, 21h40

Lula se emociona com carta de Associação de Juízes entregue por Fernando Morais e Raduan Nassar

"Lula se emocionou muito com a carta. Nietzsche e Paulo Coelho diziam que não há coincidências. Não por acaso esta carta foi entregue por mim e pelo Raduan no dia seguinte de uma nova violência contra o Lula", disse o escritor Fernando Morais

Foto: Eduardo Matysiak

A carta da Associação de Juízes para a Democracia entregue ao ex-presidente Lula, nesta quinta-feira (8), deixou o ex-presidente bastante emocionado. Os escritores Fernando Morais e Raduan Nassar foram os responsáveis por levar o documento que reconhece Lula como preso político.

“Lula se emocionou muito com a carta. Nietzsche e Paulo Coelho diziam que não há coincidências. Não por acaso esta carta foi entregue por mim e pelo Raduan no dia seguinte de uma nova violência contra o Lula. Cumprimos com muita honra e alegria a tarefa que vocês [da AJD] nos deram”, contou Morais, cujo próximo livro será justamente sobre as duas prisões políticas de Lula, em 1980 e a que está em curso.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Raduan exaltou o momento e disse que Lula segue firme. “Eu encontrei o presidente extraordinariamente decidido a lutar pela soberania do Brasil. Lula livre o mais rápido possível! Lula é um presidente preso politicamente e isso é insuportável para todos nós”, declarou.

Morais, que considerou que a carta é a “mais perfeita” tradução para o Brasil de que há juízes e juízes, reafirmou o dito por Raduan sobre soberania. “Raduan sintetizou muito bem aquilo que o presidente deseja que seja a palavra de ordem de todos os democratas brasileiros: lutar com todos os meios possíveis pela defesa da soberania nacional, seja material, seja do pré-sal, seja da Embraer, seja humanística”, considerou.

Assistam ao vídeo:


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum