O que o brasileiro pensa?
13 de setembro de 2019, 17h16

Não reconhecer Lula como preso político “beira a irresponsabilidade”, diz presidente do PSOL

Juliano Medeiros contrariou declaração do ex-ministro Ciro Gomes, que minimizou caráter político da condenação mesmo após reportagens da Vaza Jato

Juliano Medeiros (Foto: Divulgação/PSOL)

Juliano Medeiros, presidente nacional do PSOL usou as redes sociais para comentar nesta sexta-feira (13) sobre as últimas declarações do ex-ministro Ciro Gomes, que afirmou que não considera Lula como preso político e criticou a pauta do “Lula Livre”. Medeiros avalia que está bem evidente o caráter político da prisão do ex-presidente.

“Não reconhecer o caráter político da prisão de Lula depois de tudo o que foi revelado pela “vaza jato” é mais que ressentimento. Beira a irresponsabilidade”, publicou Medeiros no Twitter. A mensagem foi compartilhada pela conta do ex-presidente Lula.

O comentário de Juliano vem em meio a novas polêmicas levantadas pelo ex-ministro Ciro Gomes, terceiro colocado nas eleições de 2018, na quarta-feira quando afirmou que a pauta do Lula Livre não tem centralidade na vida do povo e que Lula não é preso político, mesmo quando levada em conta a séria de reportagens da Vaza Jato.

Nesta sexta-feira, Ciro afirmou que venceria as eleições contra Bolsonaro se tivesse chegado ao segundo turno e tomou uma invertida e Gleisi Hoffmann, presidenta do PT. “Está claro porque Ciro fugiu para Paris em 2018: não aceitou o jogo democrático. Respeite ao menos o eleitor, Ciro. Foi ele quem escolheu levar Haddad, e não você, ao segundo turno”, tuitou.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum