domingo, 20 set 2020
Publicidade

Lula participa de ato com mais de 500 artistas no Rio para denunciar desmonte da Cultura

O ex-presidente Lula participa na próxima quarta-feira (18) de um ato no Rio de Janeiro com mais de 500 artistas e intelectuais para denunciar o desmonte da Cultura no governo de Jair Bolsonaro. Encontro também pretende celebrar a liberdade do petista, após 580 dias de prisão em Curitiba. O evento acontece às 19h, no Circo Voador.

O Rio de Janeiro atualmente sofre com falta de verbas e abandono para o setor da cultura, algo que atinge especialmente os principais museus da capital. Quinze dos cerca de 40 museus administrados pelo poder público estão fechados. Outros sofrem com o abandono, a má conservação e a falta de repasses.

“Será uma bela forma de terminar um ano terrível para o Brasil, para a democracia, para os direitos das pessoas, para o povo brasileiro. A libertação o Lula fez reacender a esperança nos brasileiros de que um horizonte de superação das tragédias atuais é possível, que o resgate do Brasil é uma realidade concreta. Lula começa a circular pelo Brasil para levar essa palavra de esperança”, explicou Emir Sader, um dos organizadores do ato.

O ato também vai homenagear a memória e o legado da cantora Beth Carvalho, amiga de Lula que faleceu neste ano. Entre os confirmados, estão nomes como Camila Morgado, Camila Pitanga, Dira Paes, Eric Nepomuceno, Francis Hime, Gregorio Duvivier, Osmar Prado, Renata Sorrah, Tereza Cristina, Leonardo Boff, Letícia Sabatella, Maria Gadú, Tonico Pereira e Zezé Mota.

 

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.