Lula publica foto de encontro com FHC: ‘longa conversa sobre descaso do governo Bolsonaro’

Ex-presidentes trocaram elogios nas redes e em entrevista, dizendo que votariam um no outro para derrotar Bolsonaro

A equipe do ex-presidente Lula compartilhou nas redes sociais uma foto do encontro que o petista teve com o também ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Os dois almoçaram juntos na quinta-feira (20), em São Paulo, a convite do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Nelson Jobim. Jobim esteve tanto no governo Lula, enquanto ministro da Defesa, como no de FHC, na Justiça. Hoje, é presidente do conselho do BTG.

Na legenda da imagem, a equipe do petista contou que a reunião entre os dois teve “muita democracia no cardápio” e que um dos temas da conversa que tiveram foi sobre “o descaso do governo Bolsonaro” na condução da pandemia da Covid-19.

“Os ex-presidentes tiveram uma longa conversa sobre o Brasil, sobre nossa democracia, e o descaso do governo Bolsonaro no enfrentamento da pandemia”, diz a legenda da imagem.

Na quarta-feira (19), Lula já havia feito elogios a FHC nas redes sociais ao afirmar que votaria nele contra o presidente Jair Bolsonaro. O comentário foi feito após o tucano também dizer em entrevista à TV Globo que votaria no petista nas próximas eleições caso o segundo turno fique entre ele e o atual mandatário.

“Sempre tivemos uma disputa civilizada. Ele me conhece bem, conhece o Bolsonaro. Fico feliz que ele tenha dito que votaria em mim e eu faria o mesmo se fosse o contrário. Ele sempre foi um intelectual e sabe que não dá pra inventar uma candidatura”, escreveu Lula no Twitter.

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), parabenizou os ex-presidentes pelo encontro. “Civilidade é pressuposto da democracia. Parabéns aos dois”, escreveu o petista no Twitter.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR