Lula se reúne com Molon, que deve concorrer ao Senado por “frente ampla” no Rio

“Falamos da importância de derrotar o bolsonarismo em 2022, sobretudo em seu berço”, disse o deputado federal do PSB

Lula continua com a agenda política cheia. Nesta terça-feira (4), além de se encontrar com o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) e com Eunício Oliveira (MDB-CE), ex-presidente do Senado, o ex-presidente se reuniu com o deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ), líder da oposição ao governo de Jair Bolsonaro na Câmara.

No encontro, Molon deixou encaminhado o apoio de Lula para concorrer ao Senado pelo Rio de Janeiro em 2022, dentro do que já está sendo chamada de “frente ampla” no estado, de acordo com a coluna Radar, da Veja.

O candidato da frente ao governo do Rio deve ser o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ), que também já se reuniu com Lula, em Brasília.

Bolsonarismo

“Falamos também da importância de derrotar o bolsonarismo em 2022, sobretudo em seu berço, o Rio de Janeiro. Para isso, é preciso construir uma ‘frente ampla’ de partidos para a disputa eleitoral no estado, mesmo que esta aliança seja composta por partidos que apoiem diferentes candidatos à presidência da República”, disse Molon.

“Ele manifestou apoio a este tipo de iniciativa e disse que o PT está disposto a abrir mão de lugar nas chapas estaduais em favor de nomes de outros partidos”, acrescentou o deputado.

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.