Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de fevereiro de 2020, 09h17

Lula vai depor na Operação Zelotes, que inocentou Bradesco de corrupção

O ex-presidente é acusado de editar uma medida provisória para favorecer empresas em troca de propina. De acordo com ele, no entanto, a MP foi editada no governo FHC

O ex-presidente Lula - Foto: Reprodução/TVT

O ex-presidente Lula vai depor na Justiça Federal de Brasília na próxima terça-feira (11) sobre uma das ações da Operação Zelotes. Lula é acusado de editar uma medida provisória (MP) para favorecer empresas em troca de propina. O ex-presidente será interrogado pelo juiz Vallisney Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília.

A defesa do ex-presidente, os advogados Cristiano Zanin e Valeska Martins, chegou a pedir que o depoimento fosse realizado por videoconferência. No entanto, ambos convenceram Lula de que o melhor seria comparecer presencialmente, para estar frente a frente com o juiz.

No depoimento, Lula deve explicar, mais uma vez, que nunca recebeu benefícios ou praticou tráfico de influência para favorecer empresas. O ex-presidente também vai afirmar que a medida provisória foi originalmente editada pelo seu antecessor, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, e que a renovação da mesma, em seu mandato como presidente, era uma “decisão natural”.

No mesmo âmbito da Operação Zelotes, a corregedoria do Ministério da Economia, sob gestão de Paulo Guedes, arquivou nesta segunda-feira (3) o processo administrativo que investigava o Bradesco. A operação era responsável pela investigação de casos de corrupção envolvendo o banco e agentes públicos no Conselho de Administração de Recursos Fiscais (Carf).


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum