Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de fevereiro de 2020, 07h47

Maia e Doria convenceram Datena a se afastar de Bolsonaro

Projeto político do apresentador de televisão envolveria ser vice de Bruno Covas na disputa da Prefeitura de São Paulo, este ano, e sair como candidato ao Senado em 2022, apoiando a reeleição do atual governador paulista

Reprodução

O anúncio da filiação de José Luiz Datena ao MDB, que deve aconteceu logo após o carnaval será o resultado de uma bem sucedida articulação entre o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o governador de São Paulo, João Doria.

O objetivo era afastar o apresentador de televisão do bolsonarismo, e agregá-lo à uma nova aliança nacional entre o MDB, o DEM e o PSDB, em um projeto para estabelecer um novo referente de centro na política brasileira.

No projeto político apresentado por Maia e Doria, Datena ingressaria na política como candidato à vice-prefeito de São Paulo nas eleições deste ano, acompanhando a chapa de Bruno Covas. O cargo lhe daria visibilidade para, em 2022, lançar sua candidatura ao Senado, apoiando a reeleição de Doria ao governo do Estado, ou uma possível candidatura presidencial.

Na semana passada, Datena ligou para o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, e avisou que, apesar de “gostar muito do presidente”, não espera contar com o apoio de Bolsonaro nas eleições deste ano.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum