Maia: “Onde houver consenso, Bolsonaro estará fora”

Ex-presidente da Câmara criticou declarações recentes do chefe do Executivo contra o isolamento social

O ex-presidente da Câmara dos Deputado, Rodrigo Maia (DEM-RJ), usou as redes sociais para criticar as últimas declarações do presidente Jair Bolsonaro contra o isolamento sociall, o uso de máscaras e o enfrentamento os governos estaduais.

“Onde houver consenso, Bolsonaro estará fora. Vacina salva vidas Bolsonaro ataca. Máscara previne? Ele tripudia. Isolamento evita o contágio? Bolsonaro vai pra rua. SUS colapsado? Bolsonaro debocha”, escreveu o deputado em seu perfil no Twitter.

“No curto prazo pode até funcionar para ele manter a base de radicais unida. No longo, é certeza de colapso”, completou.

Mais uma vez, o post de Maia foi tomado por uma enxurrada de cobranças por ele não ter colocado um dos pedidos de impeachment do chefe do Executivo em pauta.

Senadores começaram a se mobilizar pela pauta após Bolsonaro voltar a desrespeitar protocolos de segurança nesta fase aguda da pandemia. Segundo o jornalista Guilherme Amado, de O Globo, Tasso Jereissati (PSDB-CE) estimulou senadores a tratarem do tema do impeachment e da CPI da Covid no grupo de WhatsApp do Senado.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.