O que o brasileiro pensa?
30 de maio de 2020, 15h56

Maia volta a pressionar Bolsonaro e diz que presidente “gera insegurança”

"Quando tem um conflito, ele acaba atacando mais na linha do que ele fazia antes", criticou o presidente da Câmara

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, criticar, neste sábado (30), a atitude do presidente da República, Jair Bolsonaro, diante do Supremo Tribunal Federal (STF). Maia pregou a harmonia entre os Três Poderes.

“Quando tem um conflito, ele acaba atacando mais na linha do que ele fazia antes. Só que, como presidente do Brasil, cada vez que ele vai para o enfrentamento, ele desorganiza e gera insegurança”, criticou o parlamentar.

“Quando você chega à Presidência da República, o seu papel é considerar. Você não é o presidente apenas dos que o elegeram. Você é o presidente de todos os brasileiros. Como o presidente foi eleito com muita força, foram muito ideológicos, o pessoal de extrema-direita nas redes sociais, ele tende a ser mais comprometido com eles”, disse ainda.

Segundo Maia, toda vez que o presidente vai para uma entrevista ele acaba aumentando as inseguranças do país e que o ideal, neste momento de pandemia, é a harmonia.

Na quinta-feira, o presidente da Câmara também criticou Bolsonaro e seus apoiadores por conta das ameaças ao STF. “As nossas leis precisam ser respeitadas. Divulgação de notícias falsas é um problema no Brasil e no mundo, que tem interferido no processo eleitoral”, declarou o parlamentar ao comentar sobre a operação que atingiu empresários, parlamentares e blogueiros bolsonaristas alvos de inquérito das Fake News.

Maia destacou que “muitas dessas redes de fake news estão vinculadas em apoiamento ao presidente” e “vêm no intuito de ampliar e criar um ambiente e uma narrativa da sociedade contra as intuições democráticas”.

Com informações do O Globo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum