Fórumcast, o podcast da Fórum
12 de junho de 2019, 17h17

Maioria do STF vota para impedir Bolsonaro de acabar com conselhos federais criados por lei

Esta foi a primeira vez que o plenário do STF analisou uma ação que contesta ato de Bolsonaro como presidente. A proposta foi apresentada pelo PT

Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) formaram maioria, nesta quarta-feira (12), para impedir, de forma provisória, Jair Bolsonaro de extinguir conselhos da administração pública federal que tenham amparo em lei.

A maioria dos ministros entendeu que o presidente não pode, unilateralmente, como por decreto, por exemplo, acabar com conselhos da administração federal que tenham sido criados por lei, que foram aprovados no Congresso Nacional.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Contudo, a Corte liberou que o presidente elimine conselhos que tenham sido instituídos por decreto ou ato normativo inferior, como portarias e resoluções.

No momento em que a maioria foi formada, Luiz Fux (que preside o STF na sessão desta quarta) suspendeu o julgamento para o intervalo.

Liminar

Ao final, o tribunal pode conceder liminar proibindo o presidente de acabar com os conselhos. No entanto, os ministros podem estender a decisão, proibindo que Bolsonaro acabe também com os conselhos que não foram criados com autorização do Legislativo.

Esta foi a primeira vez que o plenário do STF analisou uma ação que contesta ato de Bolsonaro como presidente. A ação julgada nesta quarta foi apresentada pelo PT.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum