quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Mais um arrependido: Caio Blinder, do Manhattan Connection, critica indicação de Eduardo “McBolsonaro”

Apresentador do programa Manhattan Connection, da Globo News, ao lado de Diogo Mainardi, Caio Blinder parece ter entrado para a horda de arrependidos que foram força auxiliar para a eleição de Jair Bolsonaro à Presidência do Brasil.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Morando nos Estados Unidos, Blinder criticou nesta quarta-feira (17) a indicação de Eduardo “McBolsonaro” para a embaixada de Washington, compartilhando um tuíte que mostra o apoio do ultra-direitista italiano Matteo Salvini e a ligação de Eduardo Bolsonaro com O Movimento, de Steve Bannon, que instrumentaliza a extrema-direita no mundo.

“Nunca é demais lembrar que Eduardo McBolsonaro, indicado a embaixador do Brasil dos EUA, já é embaixador da Internacional Nacionalista no Brasil, o grupo que promove o ressurgimento de partidos de extrema direita no mundo, hoje capitaneado pelo italiano Salvini, um protofascista”, tuitou Blinder.

Seguidores do jornalista, no entanto, não deixaram barato e lembraram da ligação que ele e os colegas de bancada, Diogo Mainardi e Ricardo Amorim, tiveram na ascensão da extrema-direita no Brasil.

“Está feliz que vc junto com o Ricardo Amorim e Diogo Mainardi ajudaram a eleger o fascista Bolsonaro?”, comentou Marilia Fenerich.

“Nunca é demais lembrar o vil papel que V. Sa. e seus pares na ascensão do protofascismo à brasileira. V. Sa. deveria se envergonhar de sues atos e nos poupar do exercício do cinismo de botiquim”, tuitou Sandro Garda.

Veja mais repercussões

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.