Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de dezembro de 2018, 10h35

Maluf coloca adega à venda por R$ 15 milhões

"O mais caro dos vinhos oferecidos é uma garrafa magnum (de 1,5 litro) do Romanée-Conti, safra 1971. Maluf pede por esse néctar da Borgonha US$ 66,8 mil, o equivalente a R$ 258 mil."

Condenado por lavagem de dinheiro e cumprindo prisão domiciliar em São Paulo, o deputado federal cassado Paulo Maluf (PP-SP) colocou sua adega à venda, segundo informa o colunista d’O Globo Lauro Jardim. Trata-se de “uma das mais célebres do Brasil e certamente a mais bem fornida do mundo político”.

Era comum quem visitasse Maluf, seja político, empresário ou jornalista, sair com uma garrafa de presente.

“Maluf é tido como o maior colecionador de Romanée-Conti do Brasil. E das melhores safras, ou seja, as de 1961, 1966, 1971, 1978, 1985 e 1990. Aliás, o mais caro dos vinhos oferecidos é uma garrafa magnum (de 1,5 litro) do Romanée-Conti, safra 1971. Maluf pede por esse néctar da Borgonha US$ 66,8 mil, o equivalente a R$ 258 mil.”

De acordo com Jardim, são 862 garrafas das melhores safras dos grandes vinhos da Borgonha. Quem se interessar, vai pagar um total de US$ 3.889 milhões (cerca de R$ 15 milhões).

O único problema é que o comprador tem que pagar me dinheiro vivo, diz Lauro Jardim.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum