Manuela D´Ávila critica revelação de Janot: “demonstra sua irresponsabilidade com o país”

“Imaginem, senhoras e senhores, se a cada ofensa à minha honra e à de minha filha eu pegasse uma arma?”, questionou a ex-deputada do PCdoB

A ex-deputada e candidata à vice-presidência da República na chapa encabeçada por Fernando Haddad (PT), Manuela D´Ávila (PCdoB), postou uma sequência de tuites para comentar as reportagens da Veja, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo, divulgadas nesta quinta-feira (26).

Rodrigo Janot, ex-procurador-geral da República, admitiu quase ter assassinado o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

Manuela afirmou que a postura de Janot “demonstra sua irresponsabilidade com o país que já vive dias tão difíceis”.

Veja abaixo a sequência de tuites de Manuela:

1)Essa foi a terceira vez na semana que a realidade é tão surreal que me engana: achei que não era possível estar vendo essa capa da Veja e acreditei tratar-se de montagem. Infelizmente, a declaração é verdadeira e a capa também. Muitas reflexões vêm a minha mente.

2)A primeira, relacionada às razões pelas quais Janot decide falar sobre isso agora. Ninguém guarda isso para si e uma hora decide simplesmente desabafar depois de tanto tempo.

3)Ele quer sagrar-se o líder da violência política e dos violentos políticos do Brasil? Daqueles que encorajam que as diferenças sejam mediadas “na bala”? Quer ser o ídolo dos lobos solitários? Ele era Procurador-Geral da República!

4)Em respeito a si, às instituições e à democracia deveria buscar ajuda para tratar/enfrentar suas raivas e não atirá-las ao vento. Sua postura demonstra sua irresponsabilidade com o país que já vive dias tão difíceis.

5)Mas não posso deixar de pensar sobre o papel das armas nas mãos dos homens que exercem o Poder. Quanto poder há na arma. Quantos símbolos. Quanta raiva, problema, frustração cabe no coldre, no gatilho de um homem branco cheio de poder que diz ter visto a honra da filha ofendida?

6)A forma como a masculinidade é construída em nossa sociedade faz com que a arma medie seus conflitos. E as consequências são despejadas na sociedade inteira. Imaginem, senhoras e senhores, se a cada ofensa à minha honra e à de minha filha eu pegasse uma arma?

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR