No rastro do óleo do Nordeste
08 de novembro de 2019, 11h55

Marcelo Bretas, da Lava Jato, será homenageado por deputada que emprega ex-assessoras de Flávio Bolsonaro

Considerada "sucessora" de Flávio Bolsonaro na Alerj, a deputada Alana Passos emprega em seu gabinete duas ex-assessores do atual senador que tiveram o sigilo quebrado na investigação sobre o esquema de "rachadinha" comandado por Queiroz

Alana com a família Bolsonaro e Marcelo Bretas (Montagem)

Responsável por julgar os casos da Lava Jato no Rio de Janeiro, o juiz Marcelo Bretas nunca escondeu a simpatia pela família Bolsonaro – tanto que chegou a ir à posse de Jair Bolsonaro de carona no avião do governador, Wilson Witzel (PSC).

Na próxima quinta-feira (14), Bretas estará na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) para receber diploma e a Medalha Tiradentes. A homenagem ao magistrado foi proposta pela deputada estadual Alana Passos (PSL).

No Twitter, Bretas compartilhou o convite e afirmou que “os amigos serão bem vindos à solenidade na ALERJ. Até lá!”.

Única candidata do PSL no estado que contou com pedido de votos de Jair Bolsonaro, ao ser eleita empregou em seu gabinete duas ex-assessoras do atual senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) que tiveram seus sigilos quebrados no caso que investiga o suposto esquema de rachadinha que seria comandado por Fabrício Queiroz.

Amanda Prado Simoni e Graziella Jorge Robles de Faria, que trabalhava com Flávio, receberam em setembro, respectivamente, R$ 7.534,51 e R$ 4.970,34 líquidos, como funcionárias do gabinete de Alana.

“Sucessora” do filho de Jair Bolsonaro, que preside o PSL no Rio de Janeiro, Flávio deu a Alana o cargo de secretária-geral da sigla no estado.

No cargo a seis meses, ela se notabiliza pela defesa do presidente, incluindo nos ataques ao ex-aliado Witzel, e herdou de Flávio a missão de conceder honrarias a militares e magistrados que apoiam o clã Bolsonaro.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum