Fórumcast, o podcast da Fórum
23 de fevereiro de 2019, 11h44

“Marcelo D2 nega que fuma maconha”, diz cantor ao ironizar Flávio Bolsonaro

O senador negou que tenha vínculo com milícia

Foto: Cadu Cavalcanti / Divulgação

O cantor e compositor, Marcelo D2, bombou nas redes, neste sábado (23), ao ironizar declaração de Flávio Bolsonaro negando vínculo com milícia: “Marcelo D2 nega que fuma maconha”, respondeu o cantor.

O post do cantor teve milhares de curtidas e retuítes, inclusive por colegas, com a cantora Maria Rita, que o chamou de “gênio”.

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) negou, nesta sexta-feira, ter qualquer relação com milicianos após a revista IstoÉ revelar que Valdenice de Oliveira Meliga, irmã de dois milicianos presos que foi lotada no gabinete do filho do presidente da República, assinou cheques de despesas da campanha em nome do então deputado estadual.

O parlamentar acusa a revista de “fazer uma ilação irresponsável” ao vinculá-lo a “candidaturas irregulares e a milícia carioca” para “denegrir” sua imagem.

O ex-policial militar e hoje acusado de ser um dos chefes da milícia Escritório do Crime, Adriano Magalhães da Nóbrega, foi homenageado pelo então deputado em 2003 e 2004, enquanto ele estava preso.

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum