domingo, 20 set 2020
Publicidade

Marcelo Madureira foi demitido sem explicações da Jovem Pan. Humorista se diz surpreso

O ex-Casseta Marcelo Madureira, que sempre foi muito crítico ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao PT, foi demitido sem nenhuma explicação pela rádio Jovem Pan. O humorista se diz “bastante surpreso” com o que ocorreu e lamenta que não teve a oportunidade nem de falar uma última vez com os ouvintes.

“Não me deram nenhuma explicação. Pedi para me despedir do público, mas não deixaram. O que ocorreu me deixou verdadeiramente com uma pulga atrás da orelha.”

Flávio Ricco, colunista do UOL, que deu a notícia da saída de Madureira, levantou a hipótese que a demissão poderia estar relacionada ao fato de ele ter sido um dos signatários do manifesto suprapartidário “Democracia Sim”, divulgado em 23 de setembro, contra a candidatura de Jair Bolsonaro.

“O que eu posso dizer é que a minha demissão mostra um viés autoritário”. Madureira considera que a rádio foi “indelicada com o público”. E, ao não dar satisfações a ele sobre as razões da demissão, reafirma, exibiu uma “postura autoritária”.

O diretor de jornalismo da Jovem Pan, José Carlos Pereira, diz que a saída de Madureira foi “uma mudança normal”. Pereira assegura que a decisão “não tem nada a ver com questão política”.

Com informações do Blog do Maurício Stycer

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.