Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de julho de 2019, 10h11

Marco Aurélio Mello sobre Moro: “Eu espero que ele não ocupe a cadeira que deixarei em 2021”

Aurélio disse que continua a “indagar o que nós estaríamos a dizer se [Moro] tivesse mantido essa espécie de diálogo com a outra parte [a defesa dos réus]”

Sergio Moro e Marco Aurélio Mello (Montagem)

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que em breve completará 75 anos e se aposentará compulsoriamente, afirmou a respeito do ex-juiz e atual ministro da Justiça Sérgio Moro: “Eu espero que ele não ocupe a cadeira que deixarei em 2021”.

De acordo com o Painel, da Folha, publicado nesta sexta-feira (19), é crescente o incômodo do meio jurídico com a interação revelada pelas mensagens obtidas pelo The Intercept entre Moro e procuradores da Lava Jato.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Aurélio disse que continua a “indagar o que nós estaríamos a dizer se [Moro] tivesse mantido essa espécie de diálogo com a outra parte [a defesa dos réus]”.

E completou:

“Ministério Público no processo é parte e tem que ser tratado como tal”, declarou o ministro.

Marco Aurélio deixará o Supremo após Celso de Mello. É dele, portanto, a segunda vaga na corte para a qual Jair Bolsonaro escolherá um substituto. O ministro, que já havia dito que Moro não é “vocacionado” à magistratura, reiterou a crítica. Para ele, com a divulgação dos diálogos entre o ex-juiz e procuradores, “a máscara caiu”.

Veja também:  Antonia Pelegrino faz paródia de post de Rosangela Moro e defende feminismo

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum