Maria do Rosário doa indenização recebida de Bolsonaro para combate à violência contra mulheres

“Mesmo quando os homens se erguem de forma machista com ódio e desvalorização, quando tentam nos desprezar, saibam que nós somos mulheres que não baixaremos a cabeça em nenhum momento”, afirmou a deputada

A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) promoveu, nesta terça-feira (19), ato para doação da indenização que recebeu de Jair Bolsonaro, condenado por danos morais pela Justiça do Distrito Federal, em processo que a parlamentar gaúcha moveu contra o então deputado.

A indenização, no valor de aproximadamente R$ 20 mil, foi repassada para sete entidades que atuam no enfrentamento à violência contra mulheres.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Durante o ato, a deputada afirmou que as posturas de Jair Bolsonaro e de seus seguidores têm gerado violência de forma compulsiva no Brasil e dedicou a vitória para as mulheres que se mantém de cabeça erguida.

“Mesmo quando os homens se erguem de forma machista com ódio e desvalorização, quando tentam nos desprezar, saibam que nós somos mulheres que não baixaremos a cabeça em nenhum momento”, afirmou a parlamentar.

As entidades que receberam a doação são de diversos estados brasileiros: Instituto Makarapy (MA), Coletivo Feminino Plural (RS), Casa Renascer/Cedenpa (RN), CFemea (DF), Proame (RS), Criola (RJ) e União de Mulheres de São Paulo (SP). Cada uma recebeu R$ 2.873,43.

As ações

Em 2014, o então deputado Jair Bolsonaro disse que não estupraria Maria do Rosário porque ela “não merecia”. No dia seguinte, reafirmou as declarações em entrevista ao jornal Zero Hora: “É muito feia, não faz meu gênero, jamais a estupraria”. A declaração deu origem a duas ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF) e a uma ação cível, movida na justiça do Distrito Federal.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR