O que o brasileiro pensa?
01 de maio de 2020, 16h03

Marina Silva: 1º de Maio mais difícil desse século

A ex-ministra defendeu a unidade pela defesa da vida, dos direitos eda nossa democracia

Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil

A ex-ministra Marina Silva também participou da live das centrais sindicais em razão do primeiro de maio na tarde desta sexta-feira. A candidata pela Rede à presidência nas eleições de 2018 defendeu a unidade.

“Esse, sem dúvidas, é o primeiro de maio mais difícil do século. Em função dos problemas que já estávamos sofrendo, como o desemprego e as injustiças sociais e agora todas essas questões sendo agravadas de uma forma assustadora pela pandemia do novo coronavírus”, declarou.

Marina defendeu ainda o atendimento correto de saúde, o isolamento social e acesso à Renda Básica da Cidadania “tendo cadastro ou não” como essenciais nesse momento de pandemia.

“É por isso que é fundamental que a gente esteja unido pelo que é essencial. a defesa da vida, a proteção dos direitos e a defesa da nossa democracia”, disse ainda. “Que não se permita que qualquer governo com delírios autoritários queira retomar o processo de ditadura e autoritarismo no nosso país”, finalizou.

Já participaram da live o ex-ministro Fernando Haddad, a presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann e o governador do Maranhão, Flávio Dino.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags