terça-feira, 20 out 2020
Publicidade

Mario Frias diz que jamais será como Sérgio Moro

Em outros tempos, Frias já chegou a dizer que Moro é “nosso maior herói dos últimos tempos”

O secretário especial da Cultura, Mario Frias, continua usando suas plataformas digitais para elogiar o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ).

Desta vez, em um desses posts, o ex-ator de Malhação disse a um seguidor no Instagram que “jamais” será como Sergio Moro, que rompeu com Jair Bolsonaro.

“Desejo toda felicidade do mundo, mas pelo amor hein, não vá dar uma de Moro. Começou assim”, afirou.

Em outros tempos, Frias já chegou a dizer que Moro é “nosso maior herói dos últimos tempos”.

Macho fragilizado

A atriz Fernanda Paes Leme publicou, na noite da última quinta-feira (24), texto onde faz duras críticas e ridiculariza Mario Frias, após ele dizer que Fernanda teria uma “vida muito solitária” por usar um vibrador. “Além de um bom vibrador, expor macho fragilizado e limitado também me dá prazer”, escreveu a atriz.

“Eu nem cheguei a ver o que o atual secretário de cultura comentou sobre mim na época em que saíram várias notícias sobre meu vibrador quebrado. Me admira que essa pessoa, num cargo que exige tamanha responsabilidade e que, nota-se, trabalha tanto* cof cof cof*, tenha tirado um momento do seu dia para lamentar a minha perda e minha solidão”, afirmou a atriz, fazendo referência ao texto “Vibrador é Vida”, da colunista Mariliz Pereira Jorge, publicado na Folha da última quarta-feira.

Com informações da coluna de Mônica Bergamo

Julinho Bittencourt
Julinho Bittencourt
Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.