Fórumcast, o podcast da Fórum
23 de fevereiro de 2018, 09h28

Material da disciplina da UNB sobre o golpe é compartilhado. Leia aqui

Material é totalmente detalhado em anexo

O material das aulas da disciplina “O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil” (Graduação em Ciência Política da UnB, professor Luis Felipe Miguel), que o ministro da Educação, Mendonça Filho, promete impedir está à disposição de todos. Acesse aqui.

A disciplina pretende analisar a “ruptura democrática” com o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff, a “agenda de retrocessos” imposta pelo governo Temer e ainda discutirá elementos como a Lava Jato e a ascensão do “parafascismo” no país.

O ministro da Educação informou que vai acionar diversos órgãos de controle para tentar impedir que seja ministrada a disciplina. O professor da UNB, Luis Felipe Miguel, emitiu nota dizendo que, “trata-se de uma disciplina corriqueira, de interpelação da realidade à luz do conhecimento produzido nas ciências sociais, que não merece o estardalhaço artificialmente criado sobre ela”.

Sobre a tentativa do governo de impedir a disciplina, a ex-presidenta Dilma Roussef disse que “Impedir que se chame os fatos e acontecimentos pelo nome é reação típica dos regimes de exceção (…) É evidente o aprofundamento da censura”.

Ação movida por ex-reitor da UnB, deputados e advogados acusa o ministro da Educação de violar a liberdade de cátedra e autonomia universitária, ao se manifestar contra curso ministrado na UnB sobre golpe.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum