Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
25 de julho de 2019, 08h45

Mesmo obtidas ilegalmente, mensagens provam que Moro perseguiu Lula, diz juiz do STF

O magistrado diz ainda que o fato de Moro ter aceitado cargo no governo de Bolsonaro é um indício até mais forte contra ele

Lula em depoimento ao ex-juiz Sérgio Moro (Foto: Reprodução)

Um dos juízes do Supremo Tribunal Federal (STF) afirma à coluna de Mônica Bergamo desta quinta-feira (25), que o fato de hackers terem produzido provas ilícitas não impede que elas sejam usadas para beneficiar um réu.

O réu, no caso, é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que acusa o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, de ter sido parcial e pede a anulação do processo do tríplex.

O magistrado afirma ainda que os diálogos revelados pelo site The Intercept Brasil não seriam a única evidência da suspeição de Moro. O fato de ter aceitado cargo no governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) seria até mais forte do que eles. Um outro ministro vai na mesma linha.

Outros magistrados, no entanto, aprovam a conduta de Moro e seguem na mesma. Dizem que os diálogos não mostraram, até agora, fraude ou ato grave do ex-juiz que justificasse a anulação dos processos em que ele atuou.

A corte segue dividida.

Com informações da coluna de Mônica Bergamo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum