Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de setembro de 2019, 19h14

Mestrado de Wilson Witzel, governador do RJ, é plágio

Trabalho tem 63 parágrafos copiados de outros autores sem as citações, aponta levantamento da BBC

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Descoberta mais uma fraude no currículo acadêmico de Wilson Witzel. A dissertação de mestrado do governador do Rio de Janeiro contém vários trechos que foram copiados de outros autores sem que fossem feitos os devidos créditos. O levantamento feito pela BBC Brasil mostra que 63 parágrafos de um trabalho de 139 foram plagiados parcialmente ou na sua íntegra.

O tema da dissertação de Witzel foi a “Medida Cautelar Fiscal”. A dissertação foi defendida eme 2010 e apresentada na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). No total, o governo do Rio de Janeiro copiou textos de seis autores diferentes. Um deles, o advogado Juliano Ryzewski, se mostrou incomodado quando soube que teve parte da sua obra utilizada sem o devido crédito. “Por ser uma pessoa pública, deveria tomar maior cuidado com isso. Ele está autointitulando autor de um texto que ele não escreveu, mas copiou. É complicado”.

É comum que casos de plágios no meio acadêmics sejam levados à análise por comissões dentro das universidades. Caso se confirme que houve realmente plágio em trabalho são tomadas medidas contra o autor da fraude. Em alguns casos, a punição pode chegar à perda do título obtido.

A resposta do governo do Rio de Janeiro foi a mais evasiva possível. “Os trechos citados exemplificam a dissertação de mestrado apresentada pelo governador Wilson Witzel em 2010, que foi aprovada pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Como toda obra acadêmica, a tese de Witzel se utiliza de citações de diferentes autores e fontes que compõem a abordagem teórica sobre o tema.”

Em maio deste ano o jornal O Globo mostrou que Witzel mentiu ao dizer que tinha feito doutorado na universidade de Havard, nos Estados Unidos. Na época a desculpa do governador foi que ele tinha a intenção de fazer o curso na instituição norte-americana. Não consta nenhuma candidatura de Witzel à vaga na universidade.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum