sexta-feira, 23 out 2020
Publicidade

“Ministério do Meio Ambiente não atrapalha mais”, diz Bolsonaro a produtores de cana

Presidente também se vangloriou por não ter demarcado nenhuma terra indígena em seu governo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (16) que o Ministério do Meio Ambiente, assim como órgãos ambientais como Ibama e ICMBio, não “atrapalham” mais ruralistas no Brasil. Comentário foi feito a produtores de cana-de-açúcar durante a inauguração da usina de biogás de Guariba, no interior paulista.

“Quando falam que eu sou benquisto pelo pessoal do campo… O nosso Ministério do Meio Ambiente é um ministério que, realmente, não atrapalha a vida de vocês. Muito pelo contrário, ajuda em muito. Relembrem, há algum tempo, como o Ibama e ICMBio tratava vocês e como esse tratamento, hoje em dia, é dispensado”, disse o presidente, segundo o Metrópoles.

Em seguida, Bolsonaro voltou a criticar o presidente da França, Emmanuel Macron, e disse que o mandatário pediu para que o Brasil expandisse a demarcação de terras indígenas para 20% do território nacional. A conversa entre os dois presidentes teria acontecido no Japão, no ano passado.

“Eu lembro quando passei em Osaka e tive um encontro com o presidente de um grande país da Europa que quase sempre está na vanguarda para nos criticar. Ele queria que nós ampliássemos de 12% para 20% a quantidade de área demarcada como terra indígena em meu país. Nenhuma reserva foi demarcada até o momento”, afirmou.

Na conversa, Bolsonaro citou o projeto desenvolvido pelo Ministério das Minas e Energia para autorizar a mineração em territórios indígenas. Pesquisadores, no entanto, apontam que medida deverá aumentar em 22% a área afetada pela atividade, colocando em risco cerca de 200 comunidades. A informação é do G1.

Luisa Fragão
Luisa Fragão
Jornalista.