Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
20 de fevereiro de 2020, 19h40

Ministro da Justiça de FHC comenta ação de Moro contra Lula: “Um absurdo”

José Carlos Dias diz que ministro abusou de suas funções ao usar uma lei da ditadura militar contra um político de oposição

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Dar a ordem para que a Polícia Federal usasse a Lei de Segurança Nacional como pretexto para investigar Lula parece ter aumentado o desgaste do ministro Sergio Moro na comunidade jurídica.

O Ministro da Justiça no governo FHC, o advogado José Carlos Dias considera o pedido de abertura de inquérito como “um absurdo”, de acordo com a coluna desta quarta (20) de Bernardo Mello Franco, do jornal O Globo.

“É mais uma do Moro usando o cargo para fazer política”, criticou ele, que considera que o ministro abusou de suas funções ao usar uma lei da ditadura militar contra um político de oposição.

“É um absurdo um ministro da Justiça fazer isso. A Lei de Segurança Nacional nem deveria mais ser usada”, disse o ex-Ministro.

A fala de Lula que está causando esse alvoroço foi: “Tem gente que fala que tem de derrubar o Bolsonaro. Tem gente que fala em impeachment. Veja, o cidadão foi eleito. Democraticamente, aceitamos o resultado da eleição. Esse cara tem um mandato de quatro anos. Mas ele foi eleito para governar para o povo brasileiro, e não para governar para os milicianos do Rio de Janeiro”.

Por determinação de Moro, Lula foi ouvido na Polícia Federal na manhã desta quarta (20).


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum