quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

“Ministro reserva” de Bolsonaro ataca Moro: “Não tem conhecimento nenhum sobre segurança pública”

Amigo de bancada da bala no Congresso e tratado por Jair Bolsonaro como “ministro reserva”, o ex-deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF) atacou o ministro da Justiça, Sergio Moro, em entrevista à revista Crusoé, do grupo Antagonista, dizendo que o ex-juiz da Lava Jato é ignorante em segurança pública.

“O Moro pode conhecer muito de justiça, mas não tem conhecimento nenhum sobre segurança pública, com todo o respeito. Seria importante termos alguém com mais vivência na área criminal, com mais bagagem. O presidente tem ouvido todos os argumentos, mas acha que não é o momento de mexer nisso”, disse Fraga, coronel reformado da Polícia Militar de Brasília, que integra a “turma da maçaneta”, que entra no gabinete de Bolsonaro sem bater à porta.

Ex-líder da bancada da bala e condenado em primeira instância a quatro anos, dois meses e 20 dias de prisão, em regime semiaberto, Fraga é amigo de Bolsonaro desde a década de 80, quando os dois se conheceram na Escola de Educação Física do Exército, e confidente do atual presidente, com quem troca mensagens diariamente.

Foi o ex-deputado quem redigiu as primeiras versões dos decretos de Bolsonaro para flexibilizar a posse e o porte de armas no país e, entre outros, atuou na indicação do atual procurador-geral da República, Augusto Aras, seu afilhado político.

No ano passado, Fraga candidatou-se a governador do DF e terminou a eleição em sexto lugar, com 5,9% dos votos. Com a derrota, alojou-se no Palácio do Planalto.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.