Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de agosto de 2019, 14h15

Minúsculo: Governador de Minas já inicia distanciamento de Bolsonaro

Romeu Zema (Novo) sinaliza que vai seguir o mesmo caminho que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que surfou na onda do bolsonarismo para se eleger mas, agora, tenta se descolar do governo

Foto: Reprodução/Facebook

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), parece estar iniciando um processo de distanciamento de Jair Bolsonaro. Em entrevista ao Estadão divulgada neste sábado (17) o chefe do Executivo mineiro teceu críticas ao capitão da reserva, algo que não havia feito desde que se elegeu.

Para o governador, Bolsonaro se apena a pautas “minúsculas”. “O governo tem boas intenções, mas tem pecado na coordenação. Em alguns momentos a comunicação deixa a desejar, entra em pautas minúsculas, enquanto deveríamos focar em coisas maiores, grandiosas, imprescindíveis”, disse Zema.

O governador ainda disparou: “Faz parte do estilo dele (Bolsonaro) levantar polêmicas que, do meu ponto de vista, não seriam necessárias”.

A declaração sinaliza que Zema estaria seguindo o mesmo caminho do governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Ambos surfaram na onda do bolsonarismo para se elegerem e mantiveram forte proximidade com Bolsonaro no início de seus mandatos. O tucano, no entanto, já começou um processo de distanciamento do capitão da reserva, até como forma de compor sua imagem para uma possível corrida presidencial em 2022. Depois de pregar o “Bolsodoria”, o governador paulista afirmou, recentemente, que “nunca tivemos alinhamento com o governo Bolsonaro”.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum