Moraes cobra explicações de hospital por vídeo de Roberto Jefferson

Preso desde agosto, o ex-deputado voltou a gravar provocações contra o ministro do STF

Publicidade

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu 24h para o Hospital Samaritano Barra e para o secretário de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro, Fernando Veloso, darem explicações sobre um vídeo divulgado pelo ex-deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB e aliado de Jair Bolsonaro. Preso preventivamente desde agosto, Jefferson ficou mais de um mês internado na unidade de saúde.

Na gravação, o bolsonarista voltou a fazer ataques ao ministro do STF. “Oro em desfavor do Xandão”, disse ele.

Publicidade

Segundo informações da CNN Brasil, Moraes cobrou explicações de como e quando o material foi gravado tendo em vista que as medidas restritivas impostas contra o ex-deputado impedem que ele produza novos ataques em vídeo.

Prisão de Roberto Jefferson

Jefferson está preso desde o dia 13 de agosto, por determinação do ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito das milícias digitais, que apura a ação de uma organização criminosa que atua contra a democracia.

Publicidade
Publicidade

Ao decidir pela prisão do ex-deputado bolsonarista, apontado como integrante do “núcleo político” do grupo investigado, o ministro mencionou as ameaças que Jefferson fez ao STF, ao Senado e a integrantes da CPI da Genocídio. Além disso, Moraes determinou o bloqueio de conteúdos postados por Jefferson em redes sociais, apreensão de armas e acesso a mídias de armazenamento.

Antes de ser levado pela Polícia Federal, o ex-deputado enviou mensagem de áudio ao PTB e afirmou que o STF atua contra a “família, Deus e a liberdade” e recebe “mensalão da China”. Ele ainda disse que irá combater “ministros gays” do tribunal. Ao assinar mandado de prisão, Jefferson ainda provocou Moraes.

Publicidade
Publicidade
Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR