No rastro do óleo do Nordeste
08 de novembro de 2019, 13h50

Moro diz que decisão do STF para aguardar trânsito em julgado “deve ser respeitada”

Moro disse também que “sempre defendeu a execução da condenação criminal em segunda instância e continuará defendendo”

Foto: Lula Marques

O ex-juiz e atual ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) disse, nesta sexta-feira (8), que “a decisão da maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) para aguardar o trânsito em julgado deve ser respeitada”, ponderou Moro.

Moro disse também que “sempre defendeu a execução da condenação criminal em segunda instância e continuará defendendo”.

Ele apontou ainda para o Legislativo e fez referência a um trecho do voto do presidente do Supremo. “O Congresso pode, de todo modo, alterar a Constituição ou a lei para permitir novamente a execução em segunda instância, como, aliás, reconhecido no voto do próprio ministro (Dias) Toffoli.”

“Afinal, juízes interpretam a lei e congressistas fazem a lei, cada um em sua competência”, disse Sérgio Moro.

Zanin: Nem uma hora a mais

Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, esteve, na manhã desta sexta-feira, com ele na cela que ocupa na superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. Foi o primeiro encontro logo após a votação do Supremo Tribunal Federal (STF) que acabou com a prisão em segunda instância. Zanin afirmou esperar que, após a decisão, Lula seja solto imediatamente.

“Vamos conversar com a doutora Carolina Lebbos. Esperamos que haja a expedição imediata do alvará de soltura, pois não há o menor respaldo para que se mantenha Lula preso por mais uma hora sequer. Qualquer ato protelatório dará contornos políticos a esta decisão”, disse o advogado.

Com informações do Estadão

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum