Fórumcast, o podcast da Fórum
14 de fevereiro de 2019, 18h48

Moro diz que vai investigar Bebianno e os laranjas do PSL a pedido de Bolsonaro

“O senhor presidente Jair Bolsonaro proferiu uma determinação e a determinação está sendo cumprida. Os fatos vão ser apurados e eventuais responsabilidades, após as investigações, vão ser definidas”, afirmou o ministro da Justiça

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Sérgio Moro, ministro da Justiça e da Segurança Pública, declarou nesta quinta-feira (14) que a suspeita de que o PSL, partido de Jair Bolsonaro, tenha financiado candidaturas laranjas está sendo apurada e que “eventuais responsabilidades” serão “definidas” depois das investigações, de acordo com informações de Fernanda Calgaro e Gabriel Palma, do G1.

A nova crise no governo colocou em xeque o ministro da Secretaria-Geral da Previdência, Gustavo Bebianno, ex-presidente do PSL.

“O senhor presidente Jair Bolsonaro proferiu uma determinação e a determinação está sendo cumprida. Os fatos vão ser apurados e eventuais responsabilidades, após as investigações, vão ser definidas”, disse Moro.

Contudo, ele não especificou quantos inquéritos foram abertos para investigar o caso nem deu detalhes sobre o assunto.

Repasse

No último fim de semana, a Folha de S.Paulo publicou uma matéria na qual informa que o PSL repassou R$ 400 mil para uma candidata a deputada federal em Pernambuco, que recebeu somente 274 votos.

Na semana passada, o mesmo jornal publicou que Marcelo Álvaro Antônio (PSL), ministro do Turismo, direcionou verbas de campanha a quatro candidatas em Minas que também são suspeitas de serem laranjas.

Durante entrevista à TV Record, na quarta-feira (13), Bolsonaro revelou que mandou a Polícia Federal apurar as suspeitas.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum