Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de fevereiro de 2019, 09h39

Moro nomeia cientista política Ilona Szabó e deixa bolsonaristas enfurecidos

Ilona é crítica ao decreto de Jair Bolsonaro que facilita a posse de armas. Também já atacou o Pacote Anticrime de Moro. Durante a campanha eleitoral, ela aderiu ao movimento #EleNão, contrário à eleição de Bolsonaro.

Ilona Szabó - (Foto Intercambios Asociación Civil/Flickr)

A nomeação da cientista política e diretora-executiva do Instituto Igarapé, Ilona Szabó, indicada pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, para ser suplente do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP), enfureceu bolsonaristas nas redes sociais.

Ilona é crítica ao decreto de Jair Bolsonaro que facilita a posse de armas. Também já atacou o Pacote Anticrime de Moro. Durante a campanha eleitoral, ela aderiu ao movimento #EleNão, contrário à eleição de Bolsonaro. Além disso, o Instituto Igarapé, do qual ela também é co-fundadora, recebe doações da Open Society Foundations, de George Soros.

Na quarta-feira (27), quando o nome da cientista política foi publicado no Diário Oficial da União, apoiadores de Bolsonaro levantaram a hashtag #IlonaNão no Twitter.

Muitos criticaram Sérgio Moro, incluindo o militante armamentista Bené Barbosa. “A informação que Moro não tem responsabilidade na nomeação do Conselho é falsa!” disse ele, em tuíte fixado, no qual colou texto de portaria de 2008 sobre as regras para nomeação.

Barbosa também compartilhou uma foto de Ilona no Instituto Lula e retuitou, em tom crítico, o apoio de Marina Silva à ativista.

Ataques 

Ilona Szabó também sofreu ataques em sua conta pessoal. A cientista política recebeu mensagens agressivas em seu post mais recente, compartilhando artigo escrito por ela para a Folha de S. Paulo intitulado “Igualdade de gênero na política já!”. “Não queremos bichinho de Soros e FHC no governo” e “Fala mal do governo, mas rapidinho aceita uma vaga na ditadura” foram algumas das respostas.

Marina Silva também se tornou alvo por ter saído em defesa de Ilona. “Minha solidariedade à Ilona Szabó contra os ataques caluniosos sobre sua indicação para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. Apesar de naturais divergências, não se pode negar a sua contribuição para o debate sobre Segurança Pública no Brasil”, escreveu a ex-senadora e candidata à presidência da República em 2018.

“Era o que faltava para eu apoiar 100% o afastamento dela: o apoio da Marina, que quer barrar, no STF, investigações sobre ONGs lesa-pátria!”, respondeu um perfil bolsonarista.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum