No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
03 de julho de 2018, 08h58

Moro pode condenar Lula no caso do sítio de Atibaia em pleno período eleitoral

A propaganda gratuita na TV começa em 31 de agosto, dois dias depois dos depoimentos da família Odebrecht

O juiz de Primeira Instância, Sergio Moro, pode finalizar, em outubro, na reta final das eleições presidenciais, o processo do sítio em Atibaia, no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é investigado por, supostamente, ter realizado reformas com a ajuda de empreiteiras.

As informações são da coluna de Mônica Bergamo. De acordo com ela, pelo calendário estipulado pelo juiz, duas testemunhas de defesa de Lula ainda devem depor: a presidenta deposta Dilma Rousseff (PT-MG) e o cantor Gilberto Gil. Lula, de acordo com data já agendada e divulgada por Moro, deve ser ouvido no dia 11 de setembro.

Depois disso, o juiz abre prazo para as alegações finais de acusação e defesa. Se não houver diligências adicionais, ele dá a sentença em outubro em pleno período eleitoral. O primeiro turno das eleições acontece no dia 7 e o segundo, no dia 28.

Os depoimentos mais importantes do processo foram marcados para o fim de agosto e o começo de setembro. Emílio e Marcelo Odebrecht vão depor no dia 29 de agosto. Leo Pinheiro, no dia 3 de setembro. O advogado Roberto Teixeira e o dono do sítio, Fernando Bittar, no dia 5.

A propaganda gratuita na TV começa em 31 de agosto, dois dias depois dos depoimentos da família Odebrecht.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum