“Moro satanás, quebrou a Petrobras!”: Veja protesto contra o ex-juiz no Recife

Manifestantes carregavam faixa contra o ex-magistrado, considerado parcial e suspeito pelo STF, e gritavam palavras de ordem. Imprensa pernambucana fez ampla cobertura do ato

Publicidade

A presença do ex-juiz Sergio Moro no Recife (PE) como etapa de seu périplo pelo Brasil tentando angariar aliados para ser candidato à Presidência da República foi alvo de um vigoroso protesto na noite deste domingo (5). Na capital pernambucana desde a manhã, o ex-chefe da Lava Jato, que foi considerado parcial e suspeito pelo Supremo Tribunal Federal (STF), almoçou com correligionários e até posou para fotos com um chapéu de couro típico dos vaqueiros do sertão, mas não conseguiu escapar de uma manifestação barulhenta no Shopping Rio Mar, onde foi lançar sua biografia e dar palestra sobre corrupção, o samba de uma nota só do homem que conduziu uma das mais devastadoras e forjadas operações judiciais da história do Brasil.

“Moro satanás, quebrou a Petrobras” era um dos gritos de protesto entoados pelos ativistas, que também berravam “Juiz ladrão também é corrupção”, enquanto carregavam uma grande faixa branca onde se lia “Moro suspeito: prendeu Lula sem provas”, numa referência às ações de lawfare impostas pelo então juiz ao ex-presidente Lula, que ficou 580 dias na cadeia, para depois ser solto e ter seus processos anulados pela mais alta instância do Judiciário brasileiro, que reconheceu a parcialidade do ex-magistrado da Vara Criminal Federal de Curitiba (PR).

Publicidade

Veja o vídeo:

Notícias relacionadas

Avatar de Henrique Rodrigues

Henrique Rodrigues

Jornalista e professor de Literatura Brasileira.