Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de fevereiro de 2019, 08h29

Moro se reúne com vice-presidente do WhatsApp; aplicativo quer colaborar com governo

Durante a campanha, Bolsonaro foi favorecido por disparos em massa através do aplicativo. Fervura na água da crise Bolsonaro/Bebianno tem sido mantida por vazamentos de áudios do aplicativo

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Depois de ver o seu chefe, que até então era candidato à presidência, Jair Bolsonaro, ser favorecido por disparos de WhatsApp em massa durante a campanha, o ministro da Justiça, Sergio Moro, se reuniu, na segunda (18), com a vice-presidente global de políticas públicas do WhatsApp, Victoria Grant.

Leia também: Dallagnol sai em defesa de Moro e diz que Caixa 2 “nem sempre é corrupção”

Foi uma primeira conversa para discutir questões relativas ao acesso a informações que possam subsidiar investigações.

Membros da pasta também se reuniram, na terça (19), com a executiva e representantes do Facebook Brasil. Victoria ressaltou iniciativas da empresa para colaborar com a Justiça.

Entre as medidas, de acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, ela citou o reforço da equipe do WhatsApp que se comunica em português para responder em tempo hábil os pedidos de autoridades brasileiras.

Não custa lembrar também que a fervura na água da crise Bolsonaro/Bebianno tem sido mantida com vazamentos de áudios de conversas pelo WhatsApp.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum