Fórumcast #20
23 de julho de 2019, 16h56

Morre Juarez Soares, um dos maiores comentaristas da história do futebol brasileiro

Além da carreira na imprensa, Juarez participou também da política. Filiado ao PT, foi secretário de Esportes de São Paulo durante a gestão da prefeita Luiza Erundina e vereador de São Paulo

Foto: Reprodução Rede TV

O jornalista e comentarista esportivo Juarez Soares morreu nesta terça-feira (23), em São Paulo, aos 78 anos, vítima de um infarto fulminante. Nos últimos anos ele lutava contra um câncer. Conhecido como China, Juarez era natural de São José dos Campos (SP). Iniciou a carreira na década de 1950 em emissoras de rádio do interior de São Paulo, para anos mais tarde começar a trabalhar em emissoras de televisão como Globo, Bandeirantes e por último, na RedeTV!.

Além da carreira na imprensa, Juarez participou também da política. Filiado ao PT, foi secretário de Esportes de São Paulo durante a gestão da prefeita Luiza Erundina e vereador de São Paulo. Também chegou a ser candidato a vice-prefeito de São Paulo na chapa de Paulinho da Força, em 2004.

Em 1974, teve a oportunidade de cobrir a primeira Copa do Mundo, na Alemanha Ocidental, pela Rádio Globo. Logo depois Juarez recebeu o convite para trabalhar na TV Globo e participou de grandes coberturas, como nos Jogos Olímpicos de 1976, em Montreal, e nas Copas de 1978 e 1982.

Veja também:  “PT botou 10 mil fantasiados de médicos para fazer célula de guerrilha e doutrinação”, diz Bolsonaro

No fim da década de 1980, o jornalista passou a integrar a equipe da TV Bandeirantes, ao lado do locutor Luciano do Valle. Juarez foi promovido na emissora ao cargo de diretor de esportes, com a missão de coordenar coberturas importantes. Anos depois, em meados dos anos 1990, passou também pelo SBT e Record. O último trabalho em televisão terminou em abril deste ano, na RedeTV!.

Com informações do Terra

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum