O que o brasileiro pensa?
30 de junho de 2020, 11h12

Mourão critica Alexandre de Moraes, do STF, por agir como “polícia, procurador e juiz”

Sem citar o nome do ministro, Mourão criticou inquérito sobre fake news e disse que prisão de Sara Winter foi desnecessária. "Essa turma vai pagar cesta básica, vai pintar escola. Não precisa prender esse pessoal”

Hamilton Mourão (Reprodução)

Depois de Jair Bolsonaro baixar o tom nas críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF), o vice-presidente, general Hamilton Mourão (PRTB), criticou à corte e, sem citar o nome de Alexandre Moraes, que comanda o inquérito das fake news, disse que “no momento em que o Supremo age como polícia, procurador e juiz, a coisa fica um tanto complicada”.

“Eu ainda espero que esse inquérito conduzido pelo STF termine sendo feito da melhor forma possível, sem atropelar mais, digamos assim, o estado de direito”, afirmou Mourão em entrevista à Rádio Gauíba na manhã desta terça-feira (30).

O vice-presidente ainda criticou as prisões de apoiadores de Jair Bolsonaro como Sara Winter e Daniel Miguel, que lideraram o acampamento na Praça dos Três Poderes e atacaram o STF com fogos de artifício.

“As ações desse pessoal, para mim, eram coisa de juizado de pequenas causas. Uma vez comprovado que houve o excesso, como o cara aquele que lançou fogos de artifício em direção ao prédio do STF e outras manifestações que ocorreram, essa turma vai pagar cesta básica, vai pintar escola. Não precisa prender esse pessoal”, afirmou.

Mourão ainda minimizou a atuação de Fabrício Queiroz, preso recentemente no sítio do advogado Frederick Wassef em Atibaia. “Desde o ano passado, quando surgiu isso aí, o presidente foi muito claro: ‘quem errou, paga’. É óbvio que toda essa celeuma prejudica, vamos dizer assim, o governo, no momento em que o governo tem que estar abordando assuntos desta natureza”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum